Museu da Língua Portuguesa

Postado em Atualizado em

No mês de outubro estive em São Paulo e por uma excelente sugestão do meu amigo Eli Gessé, tive a oportunidade de conhecer o Museu da Língua Portuguesa, que fica em um anexo da famosa Estação da Luz.

Com um valor irrisório, tive acesso aos três andares de cultura, conhecimento, boas fotos e entretenimento sobre a Língua de Camões, nossa Língua Portuguesa.

O acesso ao Museu se dá por elevadores, os quais permitem uma visão da escultura “Árvore de Palavras”, de 16m de altura, criada por Rafic Farah (nesta escultura o visitante encontra palavras de idiomas que contribuíram para a formação do português e do português falado no Brasil, palavras em português e a representação de objetos e animais).

No primeiro andar havia uma exposição “Oswaldo de Andrade: o culpado de tudo”, escritor e um dos responsáveis da Semana de Arte Moderna de 22, lá tive a oportunidade de ver alguns de seus escritos e obras de outros artistas que contribuíam com o pensamento de Oswaldo, segundo o curador da mostra, José Miguel Wisnik, “o projeto teve por objetivo organizar uma exposição sobre Oswald de Andrade, reforçando seu papel decisivo para a formação da cultura contemporânea e destacando a consistência de sua obra, de maneira a que a sua atualidade esteja patente sem que se perca de vista a situação histórica em que ela foi gerada.”

No terceiro andar encontrei belas paredes em que haviam trechos de poemas e escritos de autores históricos que enriquecem nossa língua, tais como Pe. Antonio Vieira, Machado de Assis, Gregório de Matos, Oswaldo de Andrade, Vinicius de Moraes, Haroldo de Campos, Luiz Gonzaga, Humberto Teixeira, Monteiro Lobato, Nelson Rodrigues, Fernando Pessoa, Nelson Cavaquinho, Elcio Soares, Euclides da Cunha etc.  Além disso pude assistir um filme de uns 10 minutos narrado por vários artistas e uma surpresa, depois tive acesso a Praça da Língua uma espécie de “planetário da Língua”, composto por imagens projetadas e áudio.

Deixei para comentar sobre o segundo andar por último por ser o mais interativo de todos, nele  encontramos:

  • Mapa dos Falares: A partir de um grande mapa do Brasil, o visitante pode escolher uma localidade e apreciar (ver e ouvir) depoimentos de diversos pessoas, verificando,assim, os diversos “falares” do brasileiro.
  • Grande Galeria: Tela de 106m de extensão com projeções simultâneas de filmes que mostram a Língua Portuguesa no cotidiano e na história de seus usuários;
  • Palavras Cruzadas: Totens dedicados às influências das Línguas e dos povos que contribuíram para formar o Português falado no Brasil. Existe ainda um totem dedicado ao Português falado nos demais países lusófonos;
  • Linha do Tempo: Uma linha com recursos interativos onde o visitante poderá conhecer melhor a história da Língua Portuguesa;
  •  Beco das Palavras: Sala com jogo etimológico interativo que permite ao visitante brincar com a criação de palavras, conhecendo suas origens e significados;
  •  História da Estação da Luz: Painéis que mostram um pouco da história do edifício sede da Estação da Luz e os trabalhos de restauro realizados antes da implantação do Museu da Língua Portuguesa.

A experiência de conhecer o Museu da Língua Portuguesa foi muito boa e para quem tem filhos adolescentes e crianças é uma ótima visita, apesar de ser um espaço digno para qualquer idade.

O Museu é um verdadeiro memorial não apenas à nossa língua, mas à nossa cultura e história como povo que se define pelo que fala.

Parabéns ao Estado de São Paulo pela iniciativa deste projeto que deve ser um marco de parada certa para todos os brasileiros que lá cheguem.

Maiores Informações: http://www.museulinguaportuguesa.org.br

Anúncios

2 comentários em “Museu da Língua Portuguesa

    Patrícia Araújo disse:
    24 de novembro de 2011 às 1:18 pm

    Caro amigo Bruno, parabéns pelo Blog!

    A propósito, fiquei com uma vontade imensa de conhecer o Museu da Língua Portuguesa!

    Se um dia tiver oportunidade, certamente passarei por lá.

    Grande abraço.

    Jeile disse:
    19 de março de 2012 às 12:03 pm

    Depois dessa descrição fiquei morrendo de vontade de conhecer o museu! Parabéns pelo blog! Que Deus continue te abençoando!

Gostaria muito de conhecer sua opinião sobre este post/ I'd like to know your opinion about this post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s