Infância, Religião e Repressão

Postado em Atualizado em

by Alex Balbino

Eu sou de uma época onde quase tudo era pecado
Se eu jogasse bola na rua, vixe Maria! Tava lascado.
O meu sonho quando criança era ter uma bola.
Tive que me contentar, com nossa antiga radiola.
Um dia fui disciplinado porque brinquei no parque de diversão.
E junto comigo tinha um monte de irmão.
O pastor que hoje está com o Senhor, mandou me chamar.
De uma coisa eu tinha certeza, ele ia me disciplinar.
Eu disse que aquilo não era motivo para disciplina.
Então confessei que também tinha ficado com uma menina.
Durante três meses fiquei afastado.
E tinha que ir para igreja e no banco ficar sentado.
Era uma época difícil! Não podia ter televisão.
Pois o pastor pregava no púlpito que aquilo era coisa do cão.
Bermuda?  A gente não podia de maneira alguma usar.
Ou a gente estava desviado ou prestes a se desviar.
O sistema era ferronho e bruto.
E agente era obrigado a ir para o culto.
Um dia o pastor, disciplinou a mulher e a filha, porque cortaram o cabelo sem lhe avisar.
Aí, no culto de doutrina, ele disse: Pra que sirva de exemplo, vou lhes disciplinar.
Pense numa resenha! As duas envergonhadas!
E a irmãs que não gostavam delas, davam risadas.
Meu pai me chamava de madrugada para orar.
Eu levantava, dobrava o joelho, dois segundos depois, começava a roncar.
Era um tempo de muita repressão e como a juventude sofria!
Mas graças a Deus que o tempo passou e com ele a nossa rebeldia.
Um dia desses tive a oportunidade de encontrar um amigo que há muito tempo não via.
E hoje eu canto bem alto: Para Nossa Alegria!


Alex Balbino é um matrizense, graduado em Teologia, torcedor do CRB e do São Paulo. Trabalhou como líder de adolescentes na Igreja Batista El Shaddai, do qual é membro e atualmente está cursando Direito. Um cara com um senso de humor que de vez em quando faz até os céus sorrirem.

Anúncios

3 comentários em “Infância, Religião e Repressão

    Jeile disse:
    9 de abril de 2012 às 3:44 pm

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk parece que esse foi criado no meu tempo também! Era bem assim! Ainda bem que PARA NOSSA ALEGRIA, tudo melhorou! Amei o texto! kkkkkkk

    Rodrigo Moreira disse:
    9 de abril de 2012 às 3:50 pm

    Aí Alex, experiências bem parecidas experimentei. Mas louvado seja Deus que sobrevivemos a isso tudo. Hoje podemos entender o que disse o poeta: “Porque gado a gente marca,Tange, fere, engorda e mata.Mas com gente é diferente”.

    Claudia disse:
    10 de abril de 2012 às 4:09 pm

    Gostei muitoooooooo, Alex

    Na minha Igreja, uma moça querendo impressionar o namorado, foi de tiara para o culto e o Pastor que ainda está aqui Graças à Deus, disciplinou-a do púlpíto. A coitadinha saiu chorando e ele ainda disse: tira essa coisa do cão da cabeça. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Gostaria muito de conhecer sua opinião sobre este post/ I'd like to know your opinion about this post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s