John Stott e o casquinho

Postado em Atualizado em

by Caio Fábio D´Araújo Filho

Em 1989 meu querido John Stott esteve no Brasil em resposta a um convite que fiz a ele.

Pregou no Congresso Vinde Para Pastores e Lideres.

Depois o levei para minha terra amazônica.

Uma semana fazendo o que ele gosta: ver pássaros!

Levei um grupo de cientistas conosco.

Admiraram-se do quanto John conhece pássaros.

O próprio John, todavia, dizia que nunca, em tão pouco tempo, tinha visto tantas novas espécies de pássaros em sua vida.

Tudo transcorria maravilhosamente.

Noites lindas.

Dias indescritíveis.

Muita alegria e comunhão!

Meu amigo Lacio Pontes estava conosco. Foi inesquecível…

Numa daquelas manhãs John saiu cedo, conduzido por um amigo meu. Aí pelas 11 da manhã vejo-o assentado imóvel dentro de um “casquinho”, que é um casco de árvore cavado dentro a fim de virar um pequeno e levíssimo barco…

“Brother” — gritava ele ao longe. Não entendi nada…

Era uma senhora imensamente gorda quem o trazia de volta… e o casquinho já quase afundava com o peso dela — eu não entendia o que o John estava fazendo ali e, muito menos, como não afundaram juntos.

Ele mal respirava… Quieto… Se fizesse algum movimento afundariam… A água estava a um dedo da borda…

Um movimento alagaria o barco.

—O que foi John?

—Meu irmão, eu me perdi. Foi um instante. O rapaz se afastou na mata. Eu andei confiante. Um minuto. Ele desapareceu. Eu não sabia mais onde estava.

—E o que você fez?

—Eu fiquei na beira do rio, esperando, esperando…até que passou essa senhora. Pedi ajuda. Não nos entendemos em nada…de repente vi que ela estava chegando aqui.

Rimos muito…

Qualquer um pode se perder. Até o John Stott.

Todos podem ser achados. Até o John Stott.

Um descuido…e…você pode não saber mais onde está.

O melhor é ficar quieto.

Alguém vai passar.

Um casquinho pode ser o livramento.

O socorro sempre vem!

Fonte: http://www.caiofabio.net/conteudo.asp?codigo=00267

___________________________________________________

Caio Fábio D´Araújo Filho é Amazonense, psicanalista clínico, escritor e pregador do Evangelho da Graça de Jesus. Fundou a VINDE, Visão Nacional de Evangelização no Rio de Janeiro, em 1978, missão que por muito tempo serviu de apoio ao seu ministério de evangelização, tendo realizado através dela, congressos e cruzadas por todo o Brasil. Entre 2001 e 2003, criou o Café com Graça, que veio a ser o experimento do que se tornou “O Caminho da Graça”, movimento que criou ao mudar-se para Brasília em 2004. Hoje ele é o fundador e mentor do Caminho da Graça, que tem crescido e se espalhado por todo o Brasil e fora dele.

Anúncios

Um comentário em “John Stott e o casquinho

    Alex Balbino disse:
    6 de novembro de 2012 às 11:23 am

    Muito bom!

    Cara, isso foi em 1989? Nessa época o Caio Fábio era crente! rsrsrs

Gostaria muito de conhecer sua opinião sobre este post/ I'd like to know your opinion about this post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s