O que penso sobre ORAR PELO PÃO DE CADA DIA

Postado em Atualizado em

daily-bread-300x234Na oração do Pai-Nosso, Jesus nos ensinou a seguinte petição: “o pão nosso de cada dia nos dá hoje”. Mas como pedir pelo pão de cada dia se temos os nossos armários cheios de suprimentos para um bom tempo? Será que um dono de supermercado que segue a Jesus faria este tipo de petição? E o que dizer de um cristão que tivesse a fortuna de pessoas como Eike Batista ou Bill Gates?

Não penso que Jesus ensinaria esta petição na única oração que ensinou a seus discípulos, apenas para atender determinadas pessoas de uma determinada condição, nem para ser uma reza, mas um modelo. Na oração do Senhor, encontramos todas as necessidades que fazem parte da nova vida dos filhos de Deus.

Por isso não importa se o discípulo é dono de supermercado, um bilionário ou um gari, todos estamos nivelados aos olhos de Deus e somos todos carentes da sua graça. Ainda que não tenhamos as mesmas necessidades, mas compartilhamos o ter necessidade e por isso que fomos ensinados a pedir pelo “pão nosso de cada dia.”

Orar pelo pão de cada dia não se resume a orar literalmente pelo pão ou simbolicamente por alimentos, mas por todas as necessidades que fazem parte da vida.

Orar pelo pão de cada dia  é reconhecer que independente da nossa condição financeira, somos todos dependentes do mesmo Pai que está nos céus e que apesar de podermos ter recursos, estes não são nossos, mas dEle.

Orar pelo pão de cada dia é abandonar o individualismo, afinal não é o “meu” pão de cada dia, mas o “nosso.”

Orar pelo pão de cada dia é estar aberta para recebê-lo da parte de Deus pelas mãos humanas como em ser estas mãos ao doar para aqueles precisam.

Orar pelo pão de cada dia é entender que necessidade não é coisa de “pobre”, mas de gente; que dinheiro não compra tudo, mas muita coisa e que ter muita coisa não significa não precisar de nada!

Orar pelo pão de cada dia é vivenciar o passado com maná no deserto, confiar em Deus diariamente e sê-Lo grato constantemente.

Orar pelo pão de cada dia é descobrir a generosidade no cuidado de Deus e imitá-Lo no nosso cuidado com o próximo.

Orar pelo pão de cada dia é ofertar e dar o dizimo de maneira desprendida, dando porque é grato e não porque espera receber 100 vezes mais ou uma oportunidade de reivindicar alguma coisa.

Orar pelo pão de cada dia é ver o mundo como uma imensa “padaria”, de onde provém os recursos necessário para suprir nossas necessidades e daqueles que precisam.

Naquele que é o pão da vida,
Zé Bruno

Anúncios

2 comentários em “O que penso sobre ORAR PELO PÃO DE CADA DIA

    Renner Boldrino disse:
    24 de julho de 2013 às 3:02 pm

    Muito bacana o texto, Zé! Quando eu servia na Cruzada Estudantil, ouvia muito os missionários mais antigos citarem o Bill Bright numa frase onde ele dizia que às vezes nós, cristãos, vivíamos como ateus práticos. Lendo o seu texto, me lembrei disso no sentido de fazer Deus sempre parte do processo. Ele é a causa primária. Orar pela pão de cada dia é realmente mais do que pedir pão, é pedir que o pão venha dele sempre. =]

    Marlon Brol disse:
    26 de julho de 2013 às 12:38 pm

    Rapaz… Que Deus continue te dando sabedoria…

    Aprendo muito, mas muito mesmo com suas meditações, músicas e pregações… pena que tenhamos muitos poucos como vc no meio “evangelico”

Gostaria muito de conhecer sua opinião sobre este post/ I'd like to know your opinion about this post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s