Mês: setembro 2013

Rookmaaker – arte e mente cristã

Postado em Atualizado em

capa_rookmaaker_frente_webTítulo: Rookmaaker – arte e mente cristã
Autor: Laurel Gasque
Editora: Ultimato
Onde comprar? Ultimato – Livraria Ágape (AL)
Quando li: set/2013
Meu Comentário: Quem que já cantou “eu leio Rookmaaker…”, não se perguntou quem ele era? Bom, muita gente vai ao google em busca de respostas e acaba na wikepédia, mas talvez a melhor forma de conhecê-lo seja lendo sua biografia, a qual  chega ao público brasileiro pela editora Ultimato.

Sua biografia, escrita por uma amiga, está repleta de nomes, pessoas cujas vidas foram de grande ajuda para Hans tanto quanto foram ajudadas por ele através de sua vida e ensino. “Hans era o cara da arte”, mas  não foi nenhum artista, apenas um apreciador dela.

Este grande homem passou pelos males da guerra e superou-os, dedicando-se aos estudos e apesar de não ser Leia o resto deste post »

Anúncios

Missão Integral dialoga com o Marxismo, Socialismo ou outro ismo? – Ariovaldo Ramos

Postado em

O pastor Ariovaldo Ramos em resposta a uma pergunta feita por um leitor da Revista Ultimato, fala sobre a existente ou não relação entre Marxismo, Socialismo e Missão Integral!

Se você já se perguntou isso não deixe de ouvir as palavras do mestre Ari!

No Cristo,
Zé Bruno

Entrevista #2 – Gladir Cabral

Postado em Atualizado em

Ao lado de nomes como João Alexandre, Jorge Camargo, Stenio Marcius e outros, Gladir Cabral compõe um cast de artistas cuja cosmovisão entende que “a vida inteira é o espaço santo, no sentido de que Deus está presente“, logo suas composições têm os mais variados temas, fugindo do conceito de música gospel. Ele canta sobre a vida, as pessoas, as cidades, Deus… Sua arte não é fazer música, mas poesia musical ou música poética.

E por ocasião do aniversário de 43 anos da Igreja Batista do Pinheiro aqui em Maceió, tive a oportunidade de conhecer pessoalmente o poeta de Criciúma que atraiu minha atenção e admiração desde a primeiro vez que ouvi sua canção “Casa Grande”, uma verdadeira obra de arte.



ZB: Como se deu a sua vocação para poesia e para música?

GC: Minha vocação para a poesia e a música nascem juntas com a vocação para o ministério da Palavra. Na verdade, a vocação sim, mas eu vou me encaminhar para o ministério anos depois e a música não, pois imediatamente vou buscar o violão e vou tocar. Para o ministério da Palavra, tive de esperar o amadurecimento necessário, a confirmação da Igreja, daí foi uma construção mais longa, digamos assim. E a literatura veio no meio de tudo isso. O meu amor por ela veio com o amor pela Palavra de Deus, pelas Escrituras, também o amor pela Música Popular Brasileira, que desde pequenino vou conhecendo e gostando de ouvir. Leia o resto deste post »

Frase da Semana 43 – C.S.Lewis

Postado em Atualizado em

Ser cristão significa perdoar o imperdoável, porque Deus tem perdoado o imperdoável em nós.

C.S.Lewis