O Homem Proteico – o típico modelo de nossa sociedade

Postado em Atualizado em

“Quando o homem não se sente mais em casa no mundo, mas deslocado em seu espírito, torna-se como um migrante, um exilado, vivendo incerta e experimentalmente conforme a corrente. Ele é assim como Proteu , o profeta da mitologia grega, que podia mudar de forma – de javali para leão, de enchente para fogo – de acordo com as circunstâncias dominantes. No entanto, Proteu não conseguia permanecer somente sob uma forma. Hoje, o homem proteico é o tipico modelo de nossa sociedade, interminavelmente comprometida com experimentos, modas passageiras e costumes…

Um fator contribuinte para existência proteica tem sido a superação dos limites. Em nossa geração, testemunhamos toda bestialidade de Auschwitz, bem como a destruição atômica de Hiroshima. O holocausto e a guerra nuclear introduziram novos tempos de crueldade e destruição jamais antes imaginado.

Esse colapso de limites seduz o homem a quebrar outros limites da existência humana, incluindo a desintegração da família, a corrupção de qualquer padrão sexual, e a perda de autoridade na sociedade. No lugar de estrutura e forma, temos agora uma ênfase na mutação contínua. A identidade humana é vista não em termos de uma atividade moral padronizada, mas como um infinito processo de autodescoberta e fluidez pessoal. Em vez de claros contornos éticos ao redor de nosso panorama de vida, há uma moral mutável que compreende situações éticas. É como se o homem tivesse sendo influenciado a deixar a periferia de um mundo limitado para se tornar o ‘Homos Novus’: uma nova criatura do mar que, como água-viva, é infinitamente flexível e flutua sem rumo entre as fronteiras comuns do tempo, das maré e do vento, imerso em um vasto oceano de possibilidade sem restrições morais… “

por James M. Houston, in O Criador – vivendo bem no mundo de Deus, Brasília: Editora Palavra, p.34-35

*Apesar de ser uma descrição dos nossos dias, este livro foi escrito em 2004

Anúncios

Gostaria muito de conhecer sua opinião sobre este post/ I'd like to know your opinion about this post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s