In Memoriam – Pastor Zé Neco

Postado em Atualizado em

Arte: Ebenézer Ferreira

A Assembléia de Deus em Alagoas está enlutada devido ao falecimento do nosso pastor, José Antônio dos Santos. Na semelhança na sexta-feira da Paixão, o dia de ontem foi de lamento e choro para muitos que tiveram a graça de conhecer este arauto do evangelho.

Pastor Neco, como carinhosamente era conhecido, ocupou os cargos de presidente da União dos Ministros das Igrejas Assembléias de Deus no Nordeste (UMADENE), vice-presidente da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil (CGADB) e por quase 30 anos como pastor presidente das AD’s em Alagoas. Mas seu maior serviço prestado foram os quase 53 anos em que serviu no ministério pastoral em diversas igrejas do interior a capital, onde concluiu seu ofício na igreja do bairro do Farol, como pregador da Palavra.

Desde a minha adolescência via o carinho com que os irmãos falavam sobre este pastor cujo nome era sempre associado a integridade, sabedoria e aconselhamento. Sua casa estava de portas abertas para receber todos que ali chegavam quer para se hospedar, quer para se aconselhar. Era um homem acessível, hospitaleiro e que sabia ouvir.

Minhas lembranças acerca do Pastor Neco são em sua maioria associadas a outros nomes. Pessoas que compartilharam trechos de suas pregações, conselhos que receberam e experiências que ele viveu. No entanto trago comigo a de um encontro que tive com ele. Na ocasião, contou-me de um irmão que numa oração, pediu a Deus para que se houvesse algo nele que não estivesse agradando o Senhor, que este o relevasse. A noite o irmão sonhou que abria a Bíblia e procurava um texto para pregar, e o único texto que encontrava era o salmo 125. Todavia quando tentava pregá-lo, não conseguia. Ao acordar, o irmão ficou pensando no significado do sonho e o discernimento que teve foi que ele não estava confiando no Senhor. Após este relato, pastor Neco riu e disse “sabe quem era este homem? Eu!”

Eu estava diante de um homem, sujeito as mesmas fraquezas que eu. Um homem que não as escondeu de mim. Um homem que ocupava cargos elevados na estrutura denominacional. Um homem que era estimado por sua integridade e sabedoria. Um homem prestigiado por muita gente, desde pessoas comuns a pessoas de destaque social. Um homem que impactou a vida de muitas famílias, plantou diversas igrejas, consagrou centenas de obreiros, pregou para milhares de pessoas. Um homem cujo vida “contribuiu para o avanço do evangelho”. Mas um homem, nada mais que isso! Penso que a semelhança de Paulo este homem podia dizer sobre si: “Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus, que está comigo.”[1]

Depois que a Reforma Protestante havia se espalhado por toda Europa, alguém perguntou a Lutero como ele fez tudo aquilo. Ao que ele respondeu: “eu não fiz nada, a Palavra fez tudo”. Este é o grande legado dos homens de Deus após toda luta, toda lágrima e toda trabalho, quando os frutos são vistos e desfrutados, as pessoas olham para eles e os louvam dizendo: “você fez tudo isso”, mas eles olham para pessoas e dizem-nas: “Deus fez tudo isso”! Meus irmãos, este foi o legado que o nosso pastor nos deixou: “Não eu, mas a graça de Deus em mim”.

Por certo, pastor Neco está bem melhor do que nós, afinal como disse Paulo “tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor”[2]. Já nós, os que choramos sua ausência, devemos nos lembrar que em breve um novo domingo da ressurreição chegará. E com esta esperança devemos consolar uns aos outros, prosseguir “firmes e avante”, dando glória a Deus.

 

Naquele que escolhe os que não são para confundir os que são, para que ninguém se orgulhe diante dEle,
Zé Bruno

___________________________________________________________________________

[1] 1 Coríntios 15:10

[2] Filipenses 1.23

Anúncios

Gostaria muito de conhecer sua opinião sobre este post/ I'd like to know your opinion about this post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s