bíblia

Acerca dos Dons Espirituais, eu vos escrevo:

Postado em

Tanto pentecostais quanto continuistas creem na atualidades do dons espirituais. Dentre os apresentados na lista da primeira carta de Paulo aos coríntios, os dons de profecia, interpretação de línguas, palavra de conhecimento e a de sabedoria trazem consigo uma mensagem, uma revelação.

Em nenhum momento a crença na contemporaneidade dos dons admite, que as “revelações” que surgem deles tenham a mesma autoridade que as Escrituras Sagradas, pois estas são inerrantes e aquelas sempre estarão ‘sub judice’ a dois critérios: o da coerência bíblica e o do tempo.

Em hipótese alguma alguma os dons espirituais devem ocupar um lugar especial nas reuniões do povo de Deus ou aqueles por onde os dons de manifestam devem serem vistos como uma classe especial de cristãos ou se verem assim, porque não o são!

Os dons espirituais não são autônomos ao texto sagrado, antes devem estar submissos as orientações bíblicas para as suas manifestações, digo isso porque ninguém que seja usado com algum desses dons fica em êxtase, se assim for, tais manifestações não são bíblicas, pois a teologia paulina diz: “o espírito do profeta está sujeito ao profeta” e só lembrando o espírito do profeta não é o Espírito Santo, mas seu próprio espírito!

Por fim, o fim dos dons é sempre a edificação do outro e no caso do de profecia também pode ser a exortação e a consolação. Nada mais que isso e apesar de cremos na revelação bíblica acerca do dons espirituais, não devemos ignorar o papel das Escrituras nas nossas vidas e nos nossos ajuntamentos.

Naquele que nos forma pela Sua Palavra,
Zé Bruno

Anúncios

Frase da Semana 19 – Joseph Prince

Postado em Atualizado em

‎Se eu parar de ler a bíblia por alguns dias, eu nao deveria me sentir culpado, eu deveria me sentir faminto.

Joseph Prince

Frase da Semana 07 – Robert Martin-Achard

Postado em Atualizado em

A Escritura entrega o seu segredo àquele que usa tempo para caminhar com ela; ela não diz nada ao amador e ao vaidoso.

Robert Martin-Achard

Quem tem Deus NÃO tem tudo!

Postado em Atualizado em

Sempre ouvi um ditado que diz: Quem tem Deus tem tudo, porém hoje acho questionável pensar assim, afinal na Bíblia encontramos vários personagens que tinham Deus, que andaram com Deus, mas algo lhes faltava…

Quando lemos em Atos 3, encontramos uma história muito conhecida dos leitores da Bíblia: A cura do coxo da Porta Formosa.

Quando Pedro e João foram ao Templo para orar, encontraram um coxo que vivia a porta do Templo para pedir esmolas, olhando ele para os discípulos disse-lhes: “Dá-me alguma coisa. Pedro olhando para ele disse-lhe: ‘Não tenho prata e nem ouro, mas o que tenho lhe dou: Em nome de Jesus Cristo, Levanta-te e anda.'”

Ora, estes homens tinham Deus em suas vidas, eles eram os potes de barro, onde Deus depositou seu tesouro: Jesus Cristo Leia o resto deste post »

(Não) Chores!

Postado em Atualizado em

O episódio da viúva de Naim me chama atenção, pois Jesus ao se encontrar com ela, que estava no enterro do seu único filho, disse-lhe “Não chores, crê somente.”

Para mim parece um gesto de extrema apatia, insensibilidade, falta de compaixão para com os sentimentos daquela mulher, afinal ela já havia sofrido com a perda do marido e agora seu único filho também se vai e Jesus ordena para não chorar? Como assim? Onde estão os sentimentos dEle? Sua compaixão? Seu amor? Leia o resto deste post »

“…guiar-te-ei através dos meus olhos.” Sl 32.8 [ARC]

Postado em Atualizado em

Certa vez um professor de Ciência Política citou a seguinte frase: “todo ponto de vista é a vista de um ponto”.

Sua intenção era mostrar que nossa opinião sobre qualquer assunto é comprometida e parcial, ou seja, é uma visão subjetiva.

É fato que nas ciências exatas e biológicas a objetividade é essencial para compreensão da realidade que se estuda, porém o mesmo não acontece dentre as ciências humanas, por mais que se busque a objetividade a subjetividade sempre estará presente. Leia o resto deste post »