direitos humanos

Um drama missional e um igreja que não faz nada!

Postado em Atualizado em

O presente áudio é o desabafo com muita razão do Pastor Antonio Carlos Costas, presidente da ONG Rio da Paz que atua em prol dos Direitos Humanos e da Justiça Social.

Você que tem acompanhado o Blog do Zé tem lido, visto e agora poderá ouvi-lo falar neste caso sobre a prisão injusta de dois missionários brasileiros – José Dilson da Silva e Zenaide Moreira Novaes – que atuam no continente africano em um projeto de auxílio a crianças de rua e  foram detidos sob acusação de tráfico de menores e formação de quadrilha.

O Reverendo Antônio Carlos  tem mobilizado o povo brasileiro, principalmente os cristãos evangélicos a assinarem esta PETIÇÃO ONLINE e a compartilharem-na através das redes sociais e blogs para que:

às autoridades públicas do Brasil, à Presidenta Dilma Rousseff, à Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados e ao Itamaraty, que intervenham em favor da liberdade imediata desses dois compatriotas que estão sofrendo nessa nação irmã por prestarem ajuda humanitária através de um projeto social que oferece abrigo, alimentação e ensino para crianças e jovens de rua.

Atendendo esta necesside,  gostaria de solicitá-lo a orar, assinar a petição online e a compartilhá-la com o maior número de pessoas possíveis e assim ajudar aos irmãos que estão sofrendo injustamente por causa de Cristo!

No temor e tremor do Senhor,
Zé Bruno

A Igreja Evangélica e a Justiça Social

Postado em Atualizado em


Neste vídeo o reverendo Antonio Carlos Costa, presidente da Rio da Paz, ONG que atua na defesa dos direitos humanos, se dirige à igreja evangélica no Brasil a respeito da necessidade de reconhecer a justiça social como parte de sua missão.

Ele trata do discurso de muitos pastores de fora que vem ao Brasil e enfatizam a evangelização como a missão primordial da igreja, que segundo o Rev. Antônio  Carlos o fazem por desconhecerem a realidade na qual muitas cidades brasileiras se encontram, sob a sombra da violência urbana, doméstica, drogas, prostituição, corrupção etc. E ignoram que o evangelho não se preocupa apenas com uma vida pós morte, mas pré também!

A dicotomia entre evangelismo e responsabilidade social tem sido bastante discutida nos meios teológicos e missiológicos. Para alguns a missão primordial da igreja é a evangelização,  esta foi a posição de Stott em 1966 no 1º Congresso Mundial de Evangelização, porém este mudou de opinião ao ser convencido em 1974, no 2º CME:

Agora vejo mais claramente que não apenas as consequências da comissão, mas a comissão em si precisam ser entendidas no sentido de incluir a responsabilidade tanto social quanto evangelística, para que não nos tornemos culpados de distorcer as palavras de Jesus¹

No verbo encarnado,
Zé Bruno

______________________________________________
1 STOTT, John. A Missão Cristã no Mundo Moderno. Viçosa: Editora Ultimato. 2010, p.27

#2 Pertubação: A igreja começa a pagar caro por honrar a quem não merece respeito.

Postado em Atualizado em

A igreja começa a pagar caro por honrar a quem não merece respeito. Hoje o Brasil pede para que um pastor seja retirado de função pública intimamente relacionada ao cristianismo. Marco da influência cristã na cultura do Ocidente. Cargo perfeito para quem conhece a Cristo e o conceito cristão referente à dignidade da vida humana. Lutar pelos direitos humanos é coisa de quem conhece o livro de Gênesis e a cruz.

A rejeição deveria ser encarada por todos como o juízo divino sobre uma igreja que tem brincado de religião, desperdiçando oportunidade rara de conduzir milhares a Cristo, uma vez que em poucas ocasiões da história pode se ver tantos tão abertos à mensagem do evangelho como observamos no Brasil.

Precisamos de urgente reforma no púlpito. Pastores que estudem, leiam jornal, revelem sensibilidade cultural, amem mulher e filhos, possuam espírito público, tenham compaixão pelo pobre, preguem as Escrituras, saibam conviver com o pluralismo de idéias, encarnem a vida de Cristo.

Será que a voz das ruas trará mais sobriedade, sensibilidade, verdade, bom senso aos pregadores brasileiros? Veremos igrejas deixarem de ser condescendentes com pregação estúpida, descortês e que trata a própria comunidade da fé como se fosse composta por imbecis?

Antônio Carlos Costa

Para que serve a Espiritualidade?

Postado em Atualizado em

Título: Para que serve a Espiritualidade?
Autor: Haroldo Segura C.
Editora: Ultimato
Onde comprar? Livraria ÁgapeUltimatoErdos 
Quando li: agosto/2012
Hotsite do livro: aqui
Meu Comentário: A espiritualidade tem chamado minha atenção já há algum tempo, principalmente sua distinção da religião, por isso tenho colecionado livros que tratam desta temática.

A obra deste autor latino-americano foi uma leitura bastante agradável, tanto pelo seu modo de escrever quanto pelo conteúdo do livro, o qual conseguiu que eu desejasse lê-lo novamente.

Quem pensa em ler um livro sobre espiritualidade, cuja abordagem remete-se apenas as questões de transcendência, engana-se, Leia o resto deste post »