evangelho

Dois erros comuns entre os pregadores

Postado em Atualizado em

“Mulher,onde estão os teus acusadores? Também não te condeno. vá e não peques mais.”

Um dos grandes erros que todo pregador está sujeito a cometer é caminhar nos extremos: condenando o pecado, mas sem apresentar a graça ou anunciando esta, sem denunciar aquele.

No primeiro caso nos tornamos condenadores, mensageiros da culpa e do medo, sem Boa Nova para proclamar. Já no segundo, corremos o grande risco de sermos profetas da libertinagem, do “tem nada não”, esquecendo do caminho estreito.

Nos dois casos aqueles que julgam estar anunciando o Evangelho, na verdade estão fazendo um desserviço. Pois toda caricatura é uma imagem distorcida e um Evangelho distorcido anuncia um Deus distorcido, uma realidade distorcida, uma igreja distorcida e outras verdades distorcidas. Leia o resto deste post »

Anúncios

Quando a verdade é atacada, quem pode pagar conta é a fé

Postado em Atualizado em

Corinthian_Column_of_the_Temple_of_Zeus_in_AthensNo último domingo as igrejas que fazem uso das lições bíblicas da CPAD estudaram sobre a apostasia da fé, tendo como texto-base a primeira carta de Paulo ao jovem Timóteo. Nesta carta Paulo declara que a igreja é “a coluna e o fundamento da verdade”[1]. De acordo com Stott isso significa que a igreja deve defendê-la e confirmá-la, além de proclamar o evangelho[2]. Aqui Paulo mostra que a igreja é serva da verdade, logo se a verdade for tirada dela, a igreja perde seu propósito.

No capítulo 4 somos exortados pelo Espírito Santo que muitos apostatarão da fé, ou seja, abandonarão de forma premeditada e consciente a fé cristã ao darem “ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios”. Observe que nesta exortação o que está sendo atacado pelo inferno é a verdade. Não é estranho que nestes últimos dias, assim como em outros, tem se levantado tanto de dentro quanto de fora da igreja movimentos e ideias sob os auspícios de espíritos enganadores que atacam as doutrinas clássicas do Cristianismo ou instituições já cristalizadas desde a formação da sociedade sob influência da fé judaico-cristã. Leia o resto deste post »

Não precisamos de um evangelho relevante, apenas do Evangelho

Postado em Atualizado em

O evangelho é o evangelho, e isso porque ele é único. No entanto aquilo que algumas igrejas fazem com ele para assim serem relevantes e atrativas ao seus públicos alvos é uma verdadeira corrupção. Nenhuma espécie de evangelho light é bom, antes é um outro evangelho, um evangelho maldito.

Um evangelho light é um evangelho incompleto, um evangelho que não anuncia “todo o conselho de Deus”, que tolera alguns pecados, é um evangelho que faz concessões. Leia o resto deste post »

Ariovaldo Ramos fala sobre a relação Evangelho e Política

Postado em Atualizado em

Falar sobre política e eleições no meio evangélico é complicado, pois se de um lado existem os oportunistas; por outro há os alienados, que dizem ter nojo de política, mas acabam sendo governados por aqueles de quem tem nojo. E numa fala  objetiva e certeira o Pastor Ariovaldo Ramos fala sobre este tema tão polêmico.

Durante o seminário Missão na Íntegra realizado na Assembléia de Deus em Pindamonhangaba (São Paulo), o Ari responde a pergunta “quanto o evangelho depende da política nos dias de hoje”, de maneira impressionante e direta sobre o papel do cristão no processo eleitoral seja como eleitor ou candidato e sobre a relação entre Estado e Igreja!

Não deixe de conferir!

Frase da Semana 23 – Antônio Carlos Costa

Postado em

Compromisso com a justiça social que nos leva a perder de vista a necessidade de pregar o evangelho denota falta de amor pelo homem integral.

Antônio Carlos Costa

Uma palavra sobre Evangelização

Postado em Atualizado em

Os protestantes são chamados de evangélicos e uma de nossas atividades mais comuns é a evangelização, porém nem todos evangelizam!

Entre os que promovem a evangelização, encontramos os que o fazem pela proclamação verbal e os que o fazem pelo exemplo.

Os que fazem pela proclamação verbal, não se envergonham de praticá-la, porém muitos destes tem o evangelho na ponta de língua, mas suas vidas não demonstram-no; já os que o pregam Leia o resto deste post »

Uma palavra sobre quem são os filhos de Deus

Postado em Atualizado em

Você curte aquelas frases que comumente encontram-se nas traseiras dos caminhões? As vezes são versículos bíblicos, provérbios populares, frases de efeito, enfim as mais diversas.

“Não sou dono do mundo, mas sou filho do dono” é uma das que mais vejo e acredito que o que esta por trás dela é a crença popularmente aceita tanto por católicos, quanto por alguns evangélicos ou mesmo por aqueles que não se consideram parte de nenhum desses dois grupos de que todo mundo é filho de Deus. Leia o resto deste post »

Teologia da Prosperidade – um veneno nos programas evangélicos

Postado em Atualizado em

É interesse como a maioria dos pastores midiáticos são adeptos da teologia da prosperidade, algo comum entre os midiáticos americanos, talvez a explicação se deva ao desejo de quererem manter seus programas, os quais são cobrados grandes fortunas.

Em nome desta manutenção, a lógica maquiavélica de que “os fins justificam os meios” tem tomado o lugar do evangelho na mente deste lideres, que tem comprometido a mensagem e tornado os seus “ministérios” um fim em si mesmo. Leia o resto deste post »

O Evangelho não é auto-ajuda…

Postado em Atualizado em

O Evangelho não é auto-ajuda, pelo contrario, é apenas ajuda, pois qualquer um que se converta ao evangelho de Cristo, o auto é anulado, havendo espaço apenas para Deus e sua Igreja!

Aqueles que vivem ainda a mercê do auto ou em busca dele deverá saber que Leia o resto deste post »

Palavra de Deus na boca de enganadores

Postado em Atualizado em

É comum em épocas de eleição, políticos usarem os púlpitos das nossas igrejas ou em comícios falarem de forma evangeliquêz e com uma ótima articulação e retórica acerca de Jesus, mas não sejamos bobos, pois se até o demonizado de Gadara  pode dizer: E, clamando com grande voz, disse: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Conjuro-te por Deus que não me atormentes (Mc. 5.7). Quanto mais os políticos, pregadores (ou seria predadores) ou qualquer outra pessoa.

Em Atos 16, uma mulher que tinha um espírito de adivinhação costumava dizer sempre que via Paulo e Silas: Estes homens são servos do Deus Altíssimo que anunciam o caminho da salvação. Por diversos dias isso aconteceu, até que em um certo dia o espírito de Paulo se perturbou e ele repreendeu o demônio. Leia o resto deste post »